Freedom! (ou como ser um hotspot ambulante)

Como todo o bom nerd, eu sou aficcionado por tercnologia. Então, no ano passado, quando tive a oportunidade de comprar um iPad nos EUA, não pensei duas vezes. Queria o modelo 32GB com 3g, mas não encontrei e tive que me contentar com um 16GB só com WiFi. Mal sabia eu que comprar com o 3g não é pré-requisito para mobilidade(no preço, significa adicionar mais USD 130, lá fora). Por que? Simples! É só ter um smartphone com WiFi.

Smartphones com Symbian, Android 2.X ou iOS podem se transformar em roteadores wireless. Contudo, cada caso é um caso.

Symbian OS
Como não vem com essa facilidade já pronta, é necessária a compra de um widget pra fazer o trabalho sujo. E quem põe a mão na massa é o JoikuSpot (LINK). Há a versão light (grátis, sem criptografia) e a completa, que custa R$18. Acho bem razoável para poder proteger a sua preciosa banda 3g. Alguns celulares que podem fazer isso são os Nokia E63, N97 ou 5530.

Android 2.2 (Froyo)
Qualquer celular que venha equipado com esse OS (ou superior) já tem incluída a capacidade de se transformar em um hotspot. Tem a opção de rede aberta ou com WPA2-PSK. Aparelhos que vêm com esse OS são o Samsung Galaxy Ace, LG P500, Motorola Milestone 2 e Sony Ericsson Xperia Play.

Android 2.1 (Eclair)
Já no 2.1, isso ainda não está integrado ao OS, necessitando da instalação de um widget e fazendo o procedimento de root no sistema (caso ainda não tenha acesso total). Duas opções (gratuitas) de wigdets são o Barnacle Wi-Fi Tether e o Android Wi-Fi Tether. Nesse link tem explicações sobre o funcionamento de ambos. Existem muitas opções com esse OS: toda a linha Xperia da Sony Ericsson, Samsung Galaxy S e Motorola Defy.

 

iOS
Pra variar, a Apple fica refém dos desmandos das operadoras de telefonia americanas (a saber, AT&T e Verizon). Então, não há no iOS nenhum recurso já incluso para transformar iPhones em hotspots. Resta apenas fazer uso (por conta e risco de cada um) do “Jailbreak”. Procurando no Google se acha um monte de sites ensinando a fazer esse procedimento.
Depois de feito, temos que acessar a Cydia e baixar um widget. As opções que achei foram o MyWi e o PdaNet. No primeiro caso, o aplicativo, segundo os analistas que experimentaram, tem muitos bugs, mas faz o papel de um hotspot mesmo. Já o outro faz a conexão através de uma rede Ad-Hoc criada a partir do notebook ou desktop, o que é um pouco menos prático (ou mesmo impossível, se estiver usando um tablet). Celulares com iOS são os iPhones da Apple apenas.

UPDATE
O iOS tem sim um hotspot incluído. Mas muitas das operadoras daqui do Brasil capam essa habilidade, não sei bem como.

Anúncios
Esse post foi publicado em Lugar comum e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Freedom! (ou como ser um hotspot ambulante)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s