O super sincero

Estava eu andando, logo depois de sair das barcas, passando pela Assembléia Legislativa, quando vejo um dos mendigos mais sujos da história. Barbudo, gordo, descalço, vestindo apenas um trapo como calça e com placas pretas de sujeira dos pés à cabeça.

Ele pedia esmola para os transeuntes. Assim, ó:

– Amigo, ô amigo… me vê um o dos real pra compra uma cachaça! (x1000)

Bem, sincero ele era! 🙂

Anúncios
Esse post foi publicado em Raridades e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para O super sincero

  1. Priscila disse:

    Mega sincero…. gostei!

  2. Dona Mila disse:

    Com o dia que tive hoje, bem capaz de eu sentar com o mendigo e entornar com ele. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s